sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Planta Amazônica é testada como inseticida orgânico


A Embrapa Acre e a Universidade Federal de Viçosa (MG), estão pesquisando o uso de óleo de pimenta-de-macaco (Piper aduncum) como inseticida orgânico. A planta é uma espécie nativa, entre outras regiões, da Amazônia.

O projeto de pesquisa, que deve durar dois anos, vai ser executado primeiramente lavouras de milho. Além da função de inseticida, o óleo também está sendo testado como sinérgico, ou seja, uma substância utilizada para aumentar a potência de inseticidas comerciais, o que permite reduzir as doses de produto químico aplicadas.
http://www.globoamazonia.com/

Mais uma vez, a Amazônia demonstra que sua biodiversidade necessita ser explorada de maneira sustentável pelo ser humano. Quem enxerga a riqueza da floresta pensando apenas em madeira, na verdade não vê o espírito da natureza.

O homem pode retirar daquela selva, centenas de produtos benéficos como remédios, cosméticos e agora como vimos até inseticidas poderão ser produzidos a partir de extratos naturais. Esse é o verdadeiro valor em se preservar e aprender a conviver harmonicamente com o ecossistema.

Se derrubarmos a Amazônia, produzir-se-ão móveis belos e requintados, que serão devorados por cupins dentro de algumas décadas. Se a amazônia for preservada, poderemos usufruir da verdadeira riqueza natural durante muitos séculos.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Transcrição e Tradução. Os processos da expressão gênica.

video

O vídeo acima representa o processo de produção de um RNAm (transcrição) e logo em seguida, as estruturas que participam no citoplasma da síntese protéica (tradução), que envolve os ribossomos, RNAt e a própria fita de RNAm, além dos aminóacidos disponíveis para serem transportados.

Espero que isso ajude na compreensão do processo.

Qualquer sugestão ou pedido sobre conteúdos ou temas para o blog, entre em contato através dos comentários.

Abraços a todos.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Replicação do DNA. Um processo vital.

video

Um resumo simples do processo em que a célula copia sua informação genética, para que ela possa entrar no período de divisão celular.
Replicação ou autoduplicação do DNA são sinônimos.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Manipulação genética pode reviver os dinossauros?


Os dinossauros estão extintos! Mas seria possível que alguns deles voltasse ao planeta? Sim! E isso será muito importante para a humanidade.

Vamos explicar: Como no filme Jurassic Park, para se criar um dinossauro, teriamos que utilizar um DNA preservado de algum animal extinto. O problema é que, diferente do filme, nunca se encontrou tal material. A alternativa para isso seriam os pássaros, descendentes diretos dos dinos.

Apesar dos pássaros não se parecerem em nada com os lagartões, pois não possuem cauda nem dentes, há características comuns entre eles, como o pé com 3 dedos e a fúrcula, aquele osso em forma de Y conhecido como osso da sorte.

Durante o desenvolvimento embrionário, os bichinhos possuem cauda e braços, que depois regridem e se transformam sob a influência de alguns genes específicos.

O segredo para construir dinossauros está na capacidade de expressão gênica, ou seja, precisamos desligar esses genes que nossa galinha pode nascer uma galinharaptor.

Mas a intenção não é povoar uma ilha com esses animais, na verdade, eles nem chegariam a sair do ovo. O intuito da pesquisa realizada nas Universidades de Montreal e Wisconsin, é descobrir como encontrar determinados genes e aprender o jeito de ligá-los e desligá-los. Quando dominar a técnica de transformar pássaros em dinossauros, poderemos utilizá-la para o bem da humanidade, compreendendo melhor doenças genéticas e talvez até controlá-las.

Essa aventura de criar um frangossauro (chickenossaurus) não é pura diversão ou sensacionalismo, mas sim uma forma de desenvolver métodos práticos de engenharia genética que nos livrem de doenças graves.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Nesse carnaval, não se esqueça de beber água!


Falta de água pode causar dor de cabeça, desmaios e até a morte. Descubra os fatores que ajudam e os que prejudicam a hidratação.

Beber dez copos de água ao longo do dia deveria bastar para manter o corpo hidratado. Apesar de parecer simples, muita gente estraga o passeio no feriadão porque resolve modificar os ingredientes dessa fórmula. Confira as dicas para manter o corpo hidratado:

* Mais suor, beba mais.
Quanto mais suar, mais água deve beber. Atenção nos dias mais quentes, às roupas pesadas, às práticas de esportes, às viagens de carros sobre o sol. Leve sempre uma garrafinha de água com você.

* Frutas, chás e sucos.
A água sempre é a melhor opção, mas você também pode variar as bebidas, com sucos, chás, frutas e água de côco, ajudam na hora da re-hidratação.

* 10 copos por dia
Correspondem a mais ou menos 2 litros, que é o recomentado para um dia normal. Nos dias quentes, aumente a medida, mas ao longo do dia, regularmente. Não tente tomar essa quantidade de uma vez só. Você pode passar mal.

*Cerveja não cura ressaca.
A água da composição da cerveja não tem efeito nenhum na hidratação do corpo, pois ao mesmo tempo que ela é ingerida, o álcool contido na fórmula, age bloqueando um hormônio (ADH), o que causa grande diurese, daí aquela vontade constante de ir ao banheiro.

Enfim, aproveite o carnaval com responsabilidade e não se esqueça de cuidar da saúde com corpo e da mente. Beba água! Abraço e boa folia.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

OLHOS DA NATUREZA!

É sempre bom observar as maravilhas da natureza. Portanto este blog pretende homenagiar os principais biomas brasileiros, mostrando sua diversidade de animais e vegetais.

O primeiro será o PANTANAL! Confira as fotos abaixo.


Baías do Pantanal Foto: Haroldo Palo Jr.

Capivara Foto:Haroldo Palo Jr.

Tuiuiú Foto: Haroldo Palo Jr.

Jacaré-do-Pantanal Foto: Haroldo Palo Jr.

Tamanduá Bandeira Foto: José Sabino

Anta Foto: Haroldo Palo Jr.

Arara-Azul Foto: Haroldo Palo Jr.

Sucuri Foto: Haroldo Palo Jr.







Cerveja pode ajudar a fortalecer os ossos, diz estudo


Cientistas identificam bebida como fonte importante de silício, que contribui para melhorar a densidade óssea.

O consumo moderado de alguns tipos de cerveja pode ajudar a fortalecer os ossos, segundo um estudo americano publicado pela revista especializada "Journal of the Science of Food and Agriculture".

Segundo pesquisadores da Universidade da Califórnia, a cerveja seria uma fonte importante de silício, componente da dieta que contribui para melhorar a densidade óssea.

Apesar disso, alguns nutricionistas advertem que os possíveis benefícios da cerveja podem ser cancelados pelo consumo excessivo de álcool, já que a ingestão de mais de duas doses de álcool por dia aumenta o risco de fraturas dos ossos.

O estudo do Departamento de Ciência dos Alimentos da Universidade da Califórnia analisou cem marcas de cervejas comerciais e verificou que elas tinham uma quantidade de silício entre 6,4 miligramas por litro e 56,5 miligramas por litro.

O resultado das pesquisas foi recebido com cautela por outros cientistas e nutricionistas.

Claire Bowring, da Sociedade Nacional de Osteoporose, da Grã-Bretanha, disse que não recomenda a ninguém aumentar o consumo de álcool com base no resultado dos estudos.

"Enquanto pequenas quantidades de álcool parecem trazer benefícios para a densidade óssea, já se demonstrou que o consumo em quantidades maiores enfraquece os ossos e aumenta o risco de fratura", disse ela à agência britânica de notícias Press Association.

Catherine Collins, nutricionista do hospital-escola St. George, em Londres, observa que as quantidades necessárias de consumo de silício são pequenas e seus benefícios para os ossos menos importantes do que os relacionados ao consumo de cálcio e vitamina D.

http://g1.globo.com/g1/ciencia/

Portanto, espero que nenhum bebum de plantão, se baseie neste estudo para utilizar como desculpa para encher a cara! Os benefícios são mínimos. É como a história de dizer que vinho faz bem a saúde, quer dizer, uma taça de vinho por dia e não uma garrafa como muitos fazem por ai. Manerem no álcool, ele não é estimulante, e sim depressivo. Álcool com energético então nem pensar!

Abraço


segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Consumo de bebidas açucaradas é ligado ao câncer de pâncreas, aponta estudo


Risco é maior para quem bebe suco diariamente, diz pesquisa. Cientistas, contudo, não descobriram como surge a doença.

O consumo de bebidas açucaradas aumenta o risco de câncer de pâncreas, de acordo com um estudo norte-americano divulgado nesta segunda-feira (8).

Os autores desta pesquisa estudaram os dados sobre consumo de bebidas açucaradas e sucos de frutas de 60.524 pessoas que participaram do estudo em Cingapura, conhecido como Singapore Chinese Health Study.

Os pesquisadores identificaram os casos de câncer de pâncreas e as mortes relacionadas a essa doença em meio as pessoas submetidas ao acompanhamento.

Descobriram que o risco de câncer de pâncreas era mais alto entre os que consumiam pelo menos duas bebidas diárias com adição de açúcar do que entre os demais, segundo seus estudos divulgados na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers and Prevention.

Não se descobriu, no entanto, uma relação entre o consumo de sucos de frutas e o câncer de pâncreas.

O estudo Singapore Chinese Health Study realiza há 14 anos um acompanhamento da dieta, das atividades físicas, da evolução demográfica e da saúde de 63.000 habitantes de Cingapura.

http://g1.globo.com/g1/ciencia/

Cientistas encontram gene que faz pessoas envelhecerem mais rápido


Expectativa de vida é menor para portadores da variação genética. Risco para doenças relacionadas à velhice pode ser maior.

A velocidade com que uma pessoa envelhece pode estar ligada a um gene específico, mostra uma pesquisa realizada por cientistas do Reino Unido. Segundo o estudo, que avaliou mais 500 mil variações genéticas, quem possui certa formação em seu DNA tem menor expectativa de vida.

A pesquisa, realizada pela Universidade de Leicester e no Kings’s College, mostra que o gene pode tornar pessoas mais vulneráveis a males que aparecem durante a velhice, como problemas do coração e alguns tipos de câncer. O estudo foi publicado na revista científica Nature Genetics.

Segundo o estudo, quem carrega o ‘gene da velhice’ tem telômeros mais curtos. Essas estruturas, que ficam nos cromossomos, ficam menores quando células se dividem e a pessoa fica mais velha. Em tese, quanto menor o telômero quando a pessoa nasce, mais rápido ela irá envelhecer.

Portadores do gene podem tornar-se mais velhos ainda mais rápido se estiverem expostos a condições que aceleram o envelhecimento das células, como o fumo, a obesidade e a falta de exercícios.

http://g1.globo.com/g1/ciencia/

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Caça aos tubarões! Recompensa: 400 Euros.


Pescadores da província de Phu Yen, no Vietnã, conseguiram capturar um tubarão de uma tonelada e cinco metros de comprimento que já havia atacado banhistas na região.

As autoridades locais ofereceram uma recompensa de 400 euros para a captura do tubarão, responsável por uma série de ataques contra pessoas na praia Phu Yen.


Cientistas do Instituto de Oceanografia Nha Trang agora investigarão o tubarão capturado para determinar sua espécie e se ele é o responsável pelos ataques.
www.ultimosegundo.ig.com.br/mundo


Durante muito anos, os tubarões foram taxados como assassinos dos mares, e era muito comum se ouvir falar em recompensa pela "cabeça" de um grande tubarão. Nós sabemos que esses peixes cartilaginosos (Condrichthyes) são grandes predadores, e estão no topo da cadeia alimentar do oceano, mas que raramente inclui o ser humano em sua dieta.

O habitat do tubarão inclui o alto mar, e algumas vezes em recifes de corais, onde a maioria dos peixes se localiza, e não nas proximidades da praia. Quando isso acontece, muitas vezes, o tubarão vai em busca de alimento, devido o seu ambiente natural ter sofrido interferencia do homem, causando diminuição da disponibilidade de alimentos. Isso ocorreu recentemente em pernambuco, com a construção do Porto do Suape, o que ocasionou em ataque de tubarões do tipo cabeça chata.

Portanto, os ataque no Vietnã, podem ser reflexo da própria influência do homem no ambiente, que só vem se acentuando.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Até onde a religião pode negar a ciência?


Um casal de Oregon City, nos Estados Unidos, foi condenado por assassinato resultante negligência criminosa, depois de deixar o filho de 16 anos morrer sem procurar ajuda médica.

Jeff e Marci Beagley são membros da igreja local Seguidores de Cristo, que prega a cura pela fé e rejeita cuidados médicos.

O filho do casal, Neil Beagley, morreu em junho de 2008 por causa de um entupimento congênito nos órgãos que cuidam da excreção urinária – uma condição tratável. Ele tinha a doença desde que nasceu, mas ela nunca havia sido diagnosticada.

O julgamento durou duas semanas e o júri chegou ao veredicto nesta terça-feira (2), depois de dois dias de deliberação. Dez dos 12 jurados consideraram o casal culpado.

O caso trouxe à tona, mais uma vez, a discussão sobre crença religiosa sendo usada como justificativa para negar atendimento médico.

Não é a primeira vez que uma criança cujos pais fazem parte da igreja morre de uma doença que poderia ser tratada.

A neta de Jeff e Marci Beagley, Ava Worthington, morreu poucos meses antes de Neil, aos 15 meses de idade. Ela sofria de pneumonia e de uma infecção no sangue, mas seus pais se negaram a procurar ajuda médica, optando por rezar.

Os sintomas de Neil eram semelhantes aos de uma forte gripe, alegam os pais. Em março de 2008, o jovem teve outra crise. Na ocasião, um agente de saúde do governo o visitou em casa - depois da denúncia anônima de um familiar - e concluiu que se tratava de uma gripe ou um resfriado.

O casal também alegou que sua crença religiosa o absolve de qualquer obrigação de procurar tratamento médico para o filho. Segundo eles, o adolescente também acreditava na cura pela fé e não queria ver um médico.

Segundo o jurado, a decisão de condenar o casal foi tomada porque na última semana de vida de Neil, Jeff e Marci Beagley tiveram tempo suficiente para perceber que o estado de saúde do filho se deteriorava.

Os jurados também levaram em consideração a morte da neta do casal, em circunstâncias semelhantes.

A pena máxima para assassinato por negligência criminosa é de 10 anos, mas o mais provável é que o casal seja condenado à prisão por 12 a 18 meses. O juiz pode, inclusive, optar pela liberdade condicional, desde que eles cumpram algumas exigências. A sentença deverá ser anunciada no próximo dia 18.

http://g1.globo.com/g1/ciencia/


terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Testes com células-tronco em humanos podem começar neste ano, diz cientista


Os primeiros testes com células-tronco em seres humanos estão próximos de acontecer, relata o cientista Stevens Rehen, um dos maiores especialistas do Brasil nesse assunto. Segundo o pesquisador, que trabalha na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), quem está mais próximo de testar uma terapia usando células-tronco é a empresa Geron, dos EUA, que estuda técnicas para regenerar lesões na medula espinhal.

O cientista comemorou os resultados de um estudo que prevê a transformação de células da pele diretamente em neurônios, sem ter que convertê-las antes em células-tronco. Rehen ressaltou, contudo, que ainda são necessárias pesquisas para saber se o procedimento não gera teratomas – tumores que podem aparecer em tecidos humanos gerados com células-tronco.

O pesquisador também alertou para novos dilemas éticos que podem surgir com o avanço das descobertas na sua área.

http://g1.globo.com/g1/ciencia/